"Ataque injustificado e lamentável." Costa pede a Marcelo reunião "urgente" do Conselho Superior de Defesa Nacional

O primeiro-ministro reagiu no Twitter ao ataque russo na Ucrânia, condenando "veementemente" esta ação militar. Costa vai reunir-se com o ministro da Defesa e dos Negócios Estrangeiros.

António Costa já pediu ao Presidente da República para reunir o Conselho Superior de Defesa Nacional. Antes disso, o primeiro-ministro vai reunir-se com os ministros da Defesa e dos Negócios Estrangeiros. Um encontro em que também estará presente o Almirante Silva Ribeiro, Chefe de Estado Maior General da Forças Armadas.

Numa mensagem publicada na rede social Twitter, António Costa condena ainda a ação militar russa na Ucrânia.

"Condeno veementemente a ação militar da #Rússia à #Ucrânia. Irei reunir com o Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, o Ministro da Defesa Nacional e o CEMGFA. E solicitei ao senhor Presidente da República reunião urgente do Conselho Superior de Defesa Nacional", afirmou.

O primeiro-ministro acrescenta que os seus "pensamentos estão com o povo ucraniano perante este ataque injustificado e lamentável".

Foram registadas esta quinta-feira fortes explosões em pelo menos cinco cidades da Ucrânia, incluindo na capital, Kiev, horas depois do Presidente russo, Vladimir Putin, ter anunciado o início de uma operação militar, alegando que se destina a proteger civis de etnia russa nas repúblicas separatistas de Donetsk e Lugansk, no leste da Ucrânia.

Por volta das 03h00 horas, foram registadas pelo menos duas explosões no centro de Kiev, tendo sido seguidas pelas sirenes de ambulâncias, segundo jornalistas da AFP.

ACOMPANHE AQUI A ESCALADA DE TENSÃO ENTRE A RÚSSIA E A UCRÂNIA

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de