Autarcas da Grande Lisboa satisfeitos com chegada de mais equipas de saúde pública

Presidente da autarquia de Vila Franca de Xira também saudou a decisão, mas lamentou não ter sido informado.

Satisfeitos, os autarcas da grande Lisboa têm a intenção de reforçar as equipas de intervenção rápida, no âmbito da pandemia e saúdam, especialmente, a disponibilidade de se fazer prevenção.

"A rapidez na ação, a interligação entre todas as entidades para darem cada uma as suas respostas, ligadas numa ação global, é decisiva, por isso vejo com bons olhos este reforço e proatividade na preparação deste ponto crítico que aí vem, que é a entrada no inverno. É fundamental, numa zona com grande densidade populacional, uma cidade com índice de envelhecimento elevado, e com uma grande mobilidade para Lisboa através da rede de transportes públicos. Diria que esta prevenção vai ser decisiva", explicou à TSF Frederico Rosa, presidente da Câmara Municipal do Barreiro.

O presidente da autarquia de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita, também saudou a decisão, mas lamentou não ter sido informado.

"Previamente não fomos informados, nem sei o que dizer. As coisas não devem funcionar assim, mas não estou em desacordo com elas, muito pelo contrário. Todas estas medidas são bem-vindas, apesar de, no nosso concelho, o número de pessoas infetadas serem à volta de 140 e poucas pessoas", afirmou Alberto Mesquita.

O autarca ressalvou que as medidas são bem-vindas e devem chegar rápido.

"Se uma decisão destas foi tomada é porque houve uma avaliação que faz com que seja também prioritário encontrar soluções com estas equipas que venham também ajudar-nos aqui em Vila Franca de Xira. Portanto, se esta decisão foi tomada e bem avaliada, agora a única coisa a fazer é, com urgência, aplicá-la", acrescentou o presidente da Câmara de Vila Franca de Xira.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de