Bazuca europeia não saiu dos discursos de António Costa durante todo o dia

Secretário-geral socialista esteve em Portalegre, Castelo Branco, Guarda e Viseu para apresentar candidatos às câmaras municipais.

António Costa andou este sábado pelo país a apresentar candidatos do PS às próximas autárquicas. O secretário-geral do Partido Socialista passou por Portalegre, Castelo Branco, Guarda e Viseu. Em todos os discursos houve um tema sempre presente: o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

"O país vai dispor nos próximos sete anos em média do dobro daquilo que dispôs em termos de recursos financeiros da União Europeia nos sete anos anteriores. Isto é uma enorme responsabilidade, é um enorme desafio, mas também é uma oportunidade única que não podemos desperdiçar", defendeu o líder socialista na apresentação do candidato à Câmara de Viseu, João Azevedo.

António Costa bateu várias vezes na mesma tecla. Não se pode desperdiçar a bazuca europeia, até porque em causa estão 16,6 mil milhões de euros. E para não haver desperdícios, disse o também primeiro-ministro, é necessário mobilizar empresas, ensino superior, setor social e o poder local.

"As autarquias desempenham e desempenharão um papel central neste esforço de recuperação. Nós precisamos de ter por isso à frente das autarquias locais homens e mulheres com ânimo e energia, com os olhos postos no futuro e que sejam capazes de unir no seu território todas estas forças", declarou.

Nas várias localidades por onde passou, António Costa destacou investimentos a executar com o apoio do PRR. Em Viseu, deu a novidade das obras de requalificação do Museu Nacional Grão Vasco, que visitou há cerca de dois anos, quando, de férias, passou pela Estrada Nacional 2. O líder socialista não esqueceu as queixas que ouviu da diretora do espaço museológico.

"Às vezes posso parecer distraído, mas raramente me distraio e raramente me esqueço daquilo que ouço e por isso quando foi necessário desenhar este plano eu não me esqueci que havia Viseu, que havia o Museu Grão Vasco e que é necessário requalificar esse museu", disse.

Os discursos do secretário-geral do PS e do candidato do partido à Câmara acabaram quando faltavam poucos minutos para as 23h00, hora em que há limitação de circulação na via pública nos concelhos com maior risco de contágio pela Covid-19, entre os quais Viseu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de