Bolsonaro deixa Rio preocupado. Líder do PSD sugere suspensão dos voos do Brasil

O presidente do PSD sugere a suspensão dos voos do Brasil para Portugal caso as autoridades brasileiras sigam as recomendações de Jair Bolsonaro.

O líder do PSD, Rui Rio, defende a imediata suspensão dos voos do Brasil para Portugal caso Jair Bolsonaro leve avante a sua ideia de acabar com o isolamento e reabrir escolas. Num tweet, o​​​​​​ presidente social-democrata sublinha que, desta vez, "não pode haver atrasos".

Numa comunicação ao país, na terça-feira, o Presidente do Brasil pediu às autoridades estaduais e municipais que reabram as escolas e todo o comércio, com o objetivo de por fim ao "confinamento em massa".

"Algumas poucas autoridades estaduais e municipais devem abandonar o conceito de terra arrasada, a proibição de transportes, o encerramento do comércio e o confinamento em massa. O que se passa no mundo tem mostrado que o grupo de risco é o das pessoas acima de 60 anos. Então, por que fechar escolas", questionou Jair Bolsonaro, sublinhando que o país deve "voltar à normalidade".

Na terceira mensagem ao país sobre o novo coronavírus, transmitida na rádio e televisão, Bolsonaro declarou que a vida "tem de continuar" e que a situação "passará em breve".

"O vírus chegou. Está a ser enfrentado por nós e brevemente passará. A nossa vida tem de continuar. Os empregos devem ser mantidos. O sustento das famílias deve ser preservado", frisou.

Contudo, as declarações de Bolsonaro contrariam as recomendações do seu próprio Governo.

Na página 'online', o Ministério da Saúde brasileiro aconselha a população a evitar aglomerações, a reduzir as deslocações para o trabalho, defendendo o "trabalho remoto" e a "antecipação de férias em instituições de ensino", especialmente em regiões com transmissão comunitária do vírus, ou seja, quando já não conseguem identificar a trajetória de infeção.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de