Cabrita nega ter validado festejos do Sporting e fala em "delírio" da oposição

Ministro da Administração Interna desvalorizou também as críticas de que foi alvo no debate do Estado da Nação.

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, garante que não validou os festejos do campeonato do Sporting e diz não ter enviado qualquer despacho para a PSP a autorizar o cortejo do clube pelas ruas de Lisboa. Os partidos da oposição têm acusado o ministro da Administração Interna de incongruências sobre os festejos do título do Sporting.

Em visita à Madeira, o governante falou de um "delírio" dos adversários políticos e reforçou que os festejos foram "iniciativa de um clube, no modelo definido entre o clube e a autarquia".

Esta terça-feira, os requerimentos entregues pelo PSD e CDS para a audição de Eduardo Cabrita foram chumbados no Parlamento, com votos contra do PS e a abstenção do PCP. Questionado sobre as críticas de que foi alvo no debate sobre o Estado da Nação, na última quarta-feira, o ministro desvalorizou-as e acusou a oposição de estar num "estado calamitoso".

"Isso resultou do debate de uma forma muito clara", sublinhou o ministro, que realçou que Portugal passou de "18.º país mais seguro do mundo em 2014" para a quarta posição do mesmo ranking em 2021. "Temos os cinco melhores anos em termos de resultados da segurança interna", assinalou.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de