Carlos Eduardo Reis avança com lista própria ao Conselho Nacional do PSD

O deputado foi apoiante de Rui Rio nas eleições diretas do PSD

O deputado Carlos Eduardo Reis vai encabeçar uma lista ao Conselho Nacional do PSD, tal como nos anteriores Congressos, que tem entre os proponentes vários cabeças de lista do partido à Assembleia da República.

A informação foi avançada pelo próprio à Lusa, depois de nos últimos dias haver dúvidas se Carlos Eduardo Reis poderia integrar a lista oficial da direção, tendo sido um destacado apoiante de Rui Rio nas últimas eleições diretas.

Entre os subscritores da lista - muitos deles irão integrá-la, mas os nomes só serão divulgados no sábado - contam-se os cabeças de lista do PSD ao parlamento Sofia Matos (Porto), Hugo Carvalho (Viseu), Luís Gomes (Faro), bem como os candidatos a deputados Rui Cristina (também por Faro) Ana Oliveira (Coimbra), André Marques (Vila Real), Bruno Coimbra (Braga), Joana Barata Lopes e Hugo Roque (Lisboa) e Rui Vilar, conselheiro nacional e que integra a lista por Aveiro.

Mário Constantino, presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Bruno Moura Ferreira, presidente da Câmara Municipal de Mondim de Basto, João Pedro Louro, secretário-geral da JSD e que integra a lista à Assembleia da República pelo círculo eleitoral de Setúbal, Jorge Costa, secretário-geral da Comissão Política Distrital de Braga, são outros dos proponentes da lista.

Há dois anos, a lista encabeçada por Carlos Eduardo Reis foi a terceira mais votada (depois da oficial da direção e da apoiada pelo ex-candidato à liderança Luís Montenegro), com nove conselheiros, em 2018 foi a segunda, logo a seguir à lista de unidade construída entre Rui Rio e Pedro Santana Lopes.

Na quinta-feira, Rui Rio já anunciou as suas primeiras escolhas para os órgãos nacionais do partido, com o histórico militante Pedro Roseta a substituir Paulo Rangel como o primeiro nome na lista da direção ao Conselho Nacional.

Esta sexta-feira também foi anunciado que o presidente da Câmara Municipal do Funchal, Pedro Calado, vai encabeçar uma lista ao Conselho Nacional do PSD que tem como primeiros subscritores o antigo candidato à liderança Luís Montenegro e o líder da distrital de Braga Paulo Cunha.

Além destas, é já é certa outra apoiada por Miguel Pinto Luz (que deverá mesmo ser encabeçada pelo vice-presidente da Câmara de Cascais) e a também já várias vezes protagonizada por Joaquim Biancard da Cruz e Duarte Marques, entre outras, algumas promovidas por apoiantes de Rio.

Para o Conselho Nacional, o chamado 'parlamento do partido', é habitual a apresentação de muitas listas (no último Congresso foram dez).

O ex-candidato à liderança nas últimas diretas Paulo Rangel já anunciou que não integrará nem promoverá listas alternativas aos órgãos nacionais.

O 39.º Congresso do PSD arranca esta sexta-feira pelas 21h00 em Santa Maria da Feira (Aveiro), com o discurso de abertura do presidente reeleito, Rui Rio, que derrotou Paulo Rangel em eleições diretas por 52,4% dos votos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de