Chefe de gabinete está infetado, mas não esteve em contacto com António Costa

Vítor Escária "encontra-se bem" e está em isolamento, apurou a TSF.

O chefe de gabinete do primeiro-ministro, António Costa, está infetado com o coronavírus, sendo que testou positivo há uma semana. A informação, avançada pelo Correio da Manhã, foi confirmada à TSF por fonte do gabinete do chefe do executivo.

Vítor Escária "encontra-se bem" e está a trabalhar a partir de casa, não tendo tido contacto direto com o chefe do Executivo. Por essa razão, António Costa não terá de ficar em isolamento profilático.

Portugal registou esta terça-feira um novo máximo de óbitos por Covid-19. Nas últimas 24 horas, morreram mais 291 pessoas infetados com o coronavírus, tendo sido reportados mais 10.765 novos contágios.

No domingo, o Governo confirmou que o ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, teve um teste positivo à Covid-19.

Antes, na sexta-feira, o executivo confirmara que a ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, tinha testado positivo à Covid-19, no âmbito da preparação de uma viagem a Bruxelas, estando em confinamento domiciliário.

Já na semana passada o Governo informou que o ministro de Estado da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, tinha testado positivo depois de ter estado em contacto com o ministro da Finanças, João Leão, cuja infeção fora confirmada em 16 de janeiro.

A 14 de janeiro, o Governo confirmou que a ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, tinha recebido um diagnóstico de Covid-19 e, em novembro, foi a vez do ministro Nelson de Souza, titular da pasta do Planeamento, receber um teste positivo depois de o secretário de Estado do Planeamento, Ricardo Pinheiro, ter sido diagnosticado com Covid-19.

O primeiro membro do Governo diagnosticado com Covid-19 foi o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, em outubro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de