Chega quer debate de urgência sobre o novo aeroporto na Assembleia da República

O partido entregou um requerimento a Augusto Santos Silva para que o debate ocorra na quarta-feira.

O Chega anunciou pouco depois do final da reunião entre António Costa e Luís Montenegro que entregou ao presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, um requerimento para que o debate sobre o novo aeroporto de Lisboa seja alargado aos outros partidos no Parlamento.

"Após a reunião entre o primeiro-ministro e o líder do PSD, sem qualquer envolvimento dos restantes partidos, o Chega entregou a Santos Silva um requerimento para um debate de urgência, na próxima quarta-feira, na AR, sobre o novo aeroporto, com o ministro Pedro Nuno Santos", revela o partido.

O partido considera que "é da máxima importância que o Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, responda aos deputados sobre os planos do Governo relativamente ao novo aeroporto de Lisboa, bem como os fatores e condicionantes que foram tidos em conta no processo de decisão".

"O Governo da República não pode, numa decisão que vinculará várias gerações e governos, esconder-se nos gabinetes ou em reuniões com um dos partidos parlamentares: esta é uma decisão que exige participação de todos os partidos políticos e o maior consenso nacional possível, sobretudo numa altura de grave contração económica", critica o partido no requerimento.

O primeiro-ministro, António Costa, revelou esta sexta-feira que a cidade de Santarém também vai ser estudada como um dos possíveis locais para o novo aeroporto que servirá Lisboa, em conjunto com Montijo, Alcochete e outras possíveis soluções.

Questionado sobre se seria uma hipótese, António Costa revela que "essa é uma das soluções que irão entrar na avaliação", afirmando que não queria entrar em mais pormenores.

Além de Montijo, Alcochete e Santarém, poderá haver outros locais estudados: "Acolhemos uma sugestão do PSD de que a própria comissão, se assim o entender, possa proceder à avaliação de outras soluções que considere tecnicamente fundamentais."

O primeiro-ministro e o presidente do PSD, Luís Montenegro, anunciaram terem chegado a um entendimento quanto a uma metodologia para avançar com um novo aeroporto e que a avaliação ambiental estratégica deverá estar completa dentro de um ano.

À saída da reunião entre Governo, liderada pelo primeiro-ministro e pelo ministro das Infraestruturas, e uma comitiva social-democrata liderada por Luís Montenegro, o presidente do PSD assumiu que houve um "acolhimento generalizado" do Governo quanto às preocupações do partido.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de