CNE suspende publicação dos resultados eleitorais. Posse do Governo em causa

A posse do Governo pode não acontecer na próxima quarta-feira.

O PSD ameaçou e cumpriu. Os sociais-democratas endereçaram mesmo uma reclamação ao Tribunal Constitucional para possibilitar uma revisão dos votos dos emigrantes. Por este motivo, a publicação dos resultados em Diário da República está suspensa até que o Tribunal Constitucional se pronuncie.

Agora o tribunal tem até segunda-feira para notificar os mandatários das listas, mas, até lá, fica suspensa a contagem dos votos dos círculos de emigração, como explicou à TSF João Tiago Machado, porta-voz da CNE. A posse do Governo pode mesmo não acontecer na próxima quarta-feira. Depois, o Tribunal Constitucional terá 48 horas para decidir. Só então poderá ser publicado o mapa de votações, motivo pelo qual a posse do Governo poderá ser, de facto, adiada.

A CNE foi informada, antes do esvaziamento do prazo, de que "de facto, entrou um recurso e que o Tribunal Constitucional estará a notificar os interessados para se pronunciarem, sendo que esse prazo terminará às 9h00 da próxima segunda-feira".

"Os nossos serviços estão em contacto com o Tribunal Constitucional, de forma a assegurar que, chegadas as 13h00 de hoje, que era quando terminava o prazo para alguém recorrer, o processo podia continuar." Contudo, o PSD agiu antes do limite do prazo.

A entidade iniciou o processo de notificação aos mandatários das candidaturas. A Comissão Nacional de Eleições (CNE) já suspendeu o envio dos resultados eleitorais para publicação no Diário da República.

O PSD alega que os votos nulos devam ser contados como abstenção.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados