Com maioria do PS, Rio abre a porta de saída. "Não consigo argumentar como posso ser útil ao PSD"

Presidente do PSD resume que o fenómeno que decidiu as eleições foi o voto útil "esmagador à esquerda".

O presidente do PSD, Rui Rio, reconheceu este domingo que os sociais-democratas não atingiram "nem de perto, nem de longe os objetivos" definidos, admitindo a vitória inequívoca do PS.

"O PSD até teve mais votos em praticamente distritos, mas só que há aqui um fenómeno que efetivamente decidiu as eleições: houve um voto útil à esquerda absolutamente esmagador", resumiu, já depois de ter confirmado que ligou a António Costa para felicitá-lo pelo resultado alcançado.

Questionado sobre o futuro à frente do partido, Rui Rio abre a porta de saída. "Não consigo argumentar como posso ser útil ao PSD", em caso de a maioria absoluta do PS se se confirmar.

"Se se confirmar que o PS tem uma maioria absoluta, eu sinceramente não posso ver como poderei ser útil neste enquadramento", disse.

Com cinco freguesias por apurar, o PSD conseguiu eleger 67 mandatos, o que corresponde a 27,91%.

CONSULTE AQUI TODOS OS RESULTADOS ELEITORAIS

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de