Costa compara percurso de Rui Nabeiro com "proximidade e amor à terra" dos autarcas

O primeiro-ministro lembra que é dos clientes que Rui Nabeiro vive, "e a vida de um autarca é mesmo assim".

O secretário-geral do PS aproveitou a presença do comendador Rui Nabeiro, em Portalegre, para destacar a importância dos autarcas junto das populações. António Costa lembrou "agora é primeiro-ministro, mas também já foi presidente de câmara", antes de voltar a lembrar que Portugal "está a poucos dias de ter a pandemia controlada".

António Costa contou um episódio pessoal com o comendador para sublinhar o papel de proximidade dos presidentes das autarquias. Rui Nabeiro é o fundador do grupo Delta Cafés, de Campo Maior, no distrito de Portalegre, com implementação em todo o país

"O nosso comendador disse-me, há uns dois ou três anos, que iria a Lisboa. Pela autoestrada é mais fácil, mas ele para em todos os cafés que são seus clientes, para continuar a ouvir, a falar com eles, e saber o que dizem sobre o produto que vende", confidenciou.

O primeiro-ministro lembra que é dos clientes que Rui Nabeiro vive, "e a vida de um autarca é mesmo assim". "Aquilo que nós vivemos é para os cidadãos, e o que nos dá alegria para viver são os cidadãos e o amor que temos à nossa terra", disse.

António Costa voltou a destacar que Portugal está a pouco tempo de ter a pandemia controlada. Na quinta-feira, o Governo reúne-se em Conselho de Ministros para o levantamento de mais um conjunto de restrições.

António Costa pediu aos portugueses que escolham a "determinação dos autarcas do partido" num momento de viragem da crise.

"Estamos a pouco tempo de, graças à vacinação, termos a pandemia controlada. É neste momento de viragem que é absolutamente fundamental adicionarmos à solidariedade que tivemos durante a pandemia, a força e determinação dos nossos autarcas", atirou.

O primeiro-ministro prepara-se para anunciar na quinta-feira o levantamento de um conjunto de restrições que vigoraram por causa da ​​​​​​​Covid-19, com efeitos a partir de 1 de outubro para evitar "confusão" com as eleições autárquicas de domingo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de