Costa destaca vida de Miranda Calha dedicada "à construção da democracia"

Secretário-geral do PS endereçou condolência à família e amigos do antigo secretário de Estado.

O secretário-geral do PS, António Costa, lamentou este sábado a morte do antigo secretário de Estado e deputado constituinte dos socialistas Miranda Calha, considerando que dedicou a sua vida à construção e consolidação do Estado Democrático.

Professor de profissão, licenciado em letras, natural de Portalegre e deputado pelo PS desde 1975 até à última legislatura (2015/2019), Júlio Miranda Calha faleceu hoje, aos 72 anos.

"O PS rende homenagem à memória de Júlio Miranda Calha, que dedicou toda a sua vida à construção e consolidação do Estado Democrático, como parlamentar, governante, dirigente e militante", refere uma nota de António Costa enviada à agência Lusa.

O secretário-geral do PS lembra depois que Miranda Calha foi eleito deputado à Assembleia Constituinte em 1975 e foi sucessivamente reeleito até à última Legislatura, tendo-se dedicado em especial à política de Defesa Nacional.

"À sua família e amigos, apresentámos as condolências dos seus camaradas", acrescenta-se na nota do líder socialista.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de