Costa mantém vantagem sobre Rio na confiança para primeiro-ministro

A sondagem da Aximage para TSF-JN-DN mostra 25 pontos de vantagem de António Costa sobre Rui Rio, acompanhados por melhores avaliações nos parâmetros de competência, influência, proximidade das pessoas e até honestidade.

A sondagem da Aximage foi feita já durante a primeira semana de debates e, apesar de um ligeiro recuo (dois pontos) em relação ao mês passado, António Costa mantém vantagem sobre Rui Rio tanto na confiança para primeiro-ministro, como na firmeza da intenção de voto.

Quando se pergunta qual dos dois: António Costa ou Rui Rio seria "melhor primeiro-ministro", o saldo entre o secretário-geral do PS e o presidente do PSD mantém-se inalterado, em relação ao mês passado: 49% nomeiam Costa, 24% apontam Rio.

Se a pergunta é em quem depositam mais confiança para desempenhar o cargo, a distância é quase a mesma: Costa à frente com 47% (mais 1pp do que no mês passado) e Rio estabilizado nos 21%.

Em dezembro, Rio conseguia uma ligeira vantagem em relação a Costa em apenas um dos parâmetros (a honestidade), mas agora o atual primeiro-ministro e recandidato ao cargo consegue melhor pontuação em toda a linha.

Costa é considerado "mais influente" (67% contra os 13% registados por Rui Rio que sobe). O líder do PS é referido como estando " mais próximo das pessoas" por 48% dos inquiridos, enquanto 21% escolhem Rio.

António Costa surge em vantagem em todas as regiões, faixas etárias, económicas e sociais.

Junto dos eleitores da esquerda reúne valores acima de 60%, subindo para os quase 80% junto dos que dizem votar no PS.

Rui Rio, recebe a confiança de cerca de metade do eleitorado do Chega, e acima de 60% dos que votaram no CDS e na Iniciativa Liberal.

Entre aqueles que assumem votar "de certeza" (27%) ou admitem que podem votar (43%), António Costa leva vantagem no campeonato do voto potencial, com destaque para o voto das mulheres e para quase 70% dos eleitores de esquerda.

Rui Rio reúne 11% de firmeza de voto, mais os 45% que admitem votar no líder do PSD. Entre estes estão 43% de eleitores do PSD, mais de metade do eleitorado do Chega , 65% de votantes na Iniciativa Liberal e 44% do voto centrista que admitem escolher Rio.

Ficha técnica
A sondagem foi realizada pela Aximage para a TSF, JN e DN com o objetivo de avaliar a opinião dos Portugueses sobre temas relacionados com as eleições legislativas. O trabalho de campo decorreu entre os dias 6 e 12 de janeiro. Foram recolhidas 807 entrevistas entre maiores de dezoito anos residentes em Portugal.
Foi feita uma amostragem por quotas, com sexo, idade e região, a partir do universo conhecido, reequilibrada por sexo e escolaridade.
À amostra de entrevistas, corresponde um grau de confiança de 95% com uma margem de erro de 3,45%. A responsabilidade do estudo é da Aximage Comunicação e Imagem Lda., sob a direção técnica de Ana Carla Basílio.

LEIA AQUI TUDO SOBRE AS LEGISLATIVAS DE 2022

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de