Da Ucrânia à Rússia. Guterres fala em "intensos contactos" para garantir segurança alimentar

O secretário-geral da Nações Unidas sublinha que está a ser feito um grande esforço para facilitar as exportações alimentares, apesar da situação de guerra.

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, afirma-se muito preocupado com a situação na Ucrânia e assegura que estão em curso negociações com vários países para garantir a segurança alimentar.

António Guterres prestou declarações, esta tarde, depois de uma audiência com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, em Belém, que durou cerca de 45 minutos.

"Estamos muito preocupados com a situação na Ucrânia e, por outro lado, estamos a fazer um grande esforço no sentido de tentar resolver, ou ajudar resolver, o problema da segurança alimentar, que é absolutamente dramático", disse o secretário-geral das Nações Unidas.

"Tem havido intensos contactos, quer com os ucranianos, quer com os russos, quer com os turcos, e por outro lado, com os Estados Unidos e com a União Europeia, no sentido de facilitar a exportação dos produtos alimentares ucranianos sem perigo, de uma forma segura, no Mar Negro, e, ao mesmo tempo, dos cereais e fertilizantes russos, que são indispensáveis", referiu António Guterres.

Antes do encontro, em Belém, com Marcelo Rebelo de Sousa, António Guterres tinha marcado presença no Fórum da Juventude e Inovação da Conferência dos Oceanos da ONU 2022 (UNOC - United Nations Ocean Conference), na praia do Carcavelos, no concelho de Cascais.

A Conferência dos Oceanos das Nações Unidas realiza-se, este ano, em Lisboa, entre segunda e sexta-feira, sendo copresidida por Portugal e pelo Quénia, e contará com a presença de chefes de Estado e de governo de todos os continentes.

São esperados mais de 7 mil participantes de mais de 140 países, 38 agências especializadas e organizações internacionais, mais de mil organizações não-governamentais, 410 empresas e 154 universidades.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE A GUERRA NA UCRÂNIA

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de