Costa sem rodeios. "É altura do Parlamento britânico fazer a sua parte"

Primeiro-ministro português lembra que este é o quarto acordo aprovado pelo Conselho Europeu.

Em conferência de imprensa, o primeiro-ministro português, António Costa, saudou a aprovação de um acordo para o Brexit "muito positivo" e apelou ao Parlamento britânico que o aprove no próximo sábado, para que seja votado "nos dias seguintes" no Parlamento Europeu.

O novo acordo mantém "o que era fundamental para a garantia dos direitos dos cidadãos, em particular dos portugueses residentes no Reino Unido e dos britânicos residentes em Portugal".

Costa destaca ainda a permissão para que exista uma fronteira "aberta" entre as Irlandas, mantendo a "integridade do mercado interno e do Reino Unido".

O primeiro-ministro português lembra as negociações com Theresa May e Boris Johnson, esperando que o Parlamento britânico possa "fazer a sua parte", aprovando este acordo, o quarto do processo.

"Chegou o tempo de por um ponto final positivo nesta negociação do acordo de saída, para podermos rapidamente passar a tratar do que é mais importante: a relação futuro da União Europeia com o Reino Unido", apelou.

O Conselho Europeu aprovou esta quinta-feira, por unanimidade, o novo acordo para o Brexit. O objetivo é que entre em vigor a 1 de novembro.

Se tudo correr como está alinhavado, os líderes europeus dão também luz verde à declaração política sobre a relação futura com o Reino Unido, dando como encerrado o trabalho de Michel Barnier. O francês tem mesmo um parágrafo elogioso dedicado a si no documento onde constam as conclusões da reunião desta quinta-feira.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados