"Este infelizmente não é ainda o tempo do desconfinamento"

O decreto do Governo de renovação do estado de emergência não teve qualquer alteração, sublinhou o António Costa.

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou esta sexta-feira que "este, infelizmente, não é ainda o tempo do desconfinamento", motivo pelo qual o Governo aprovou o decreto regulamentar do estado de emergência sem qualquer alteração.

"O Conselho de Ministros, como era expectável, aprovou sem qualquer alteração a renovação do decreto lei que há 15 dias atrás tinha aprovado", referiu o primeiro-ministro, numa declaração desde o Palácio da Ajuda, em Lisboa.

"Este, infelizmente, não é ainda o tempo do desconfinamento", justificou, explicando que o outro motivo para esta manutenção das medidas em vigor é o facto de estas estarem a produzir os efeitos desejados de controlo da pandemia de Covid-19.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de