Expectativa para eleger um candidato é igual à bola de berlim: "Muito boa"

Vir a Viana do Castelo e não comer bola de Berlim com creme seria pecado. Ou, nas palavras da líder centrista, seria "lamentável".

Certo é que as bolas estavam "muito boas" e serviram até de ponto central para "confraternizar".

Será talismã para eleger um deputado, Assunção?

A própria está confiante nesse objetivo: "A avaliar pelo que tivemos aqui na rua, [a expectativa] é muito boa."

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de