"Famílias primeiro." Consulte o documento com todas as medidas de apoio anunciadas por António Costa

O primeiro-ministro anunciou oito medidas para ajudar as famílias a enfrentar a perda de rendimento decorrente da inflação.

O Governo anunciou esta segunda-feira, após uma reunião extraordinária do Conselho de Ministros, um pacote de oito medidas para apoiar "de imediato" as famílias a fazer face à inflação. O conjunto das medidas tem um valor global de 2.400 milhões de euros.

CONSULTE AQUI O DOCUMENTO DO GOVERNO

Entre os apoios anunciados está a atribuição de um vale de 125 euros a todos os portugueses com um rendimento bruto mensal até 2700 euros.

No que toca às famílias com crianças, o primeiro-ministro anunciou o pagamento de 50 euros para todos os dependentes até aos 24 anos, um apoio pago já a partir de outubro.

Para os pensionistas, o Governo revelou que receberão um suplemento extra equivalente a meio mês, suplemento que será pago de uma só vez já em outubro. Além disso, os pensionistas vão ter em janeiro um aumento entre 4,43% e 3,53% em função do valor da sua pensão.

Na energia, o Executivo adiantou que vai propor à Assembleia da República a redução a taxa do IVA sobre a eletricidade de 13% para 6%. O objetivo do Governo é que a proposta seja agendada e discutida com "caráter de urgência", de modo a que entre em vigor a 1 de outubro. No gás, os consumidores podem voltar ao mercado regulado.

Por exemplo, se um casal com dois filhos transitar para o mercado regulado verá o preço da factura do gás diminuir 10%.

O Governo prolonga também até ao final do ano a suspensão do aumento da taxa de carbono; a devolução aos cidadãos da receita adicional de IVA, assim como a redução do ISP.

Assim, nesta semana, por cada 50 litros os consumidores "pagarão menos 16 euros de gasolina ou menos 14 euros de gasóleo".

No pilar da habitação, o Governo limita até 2% a atualização das rendas, com compensação no IRS/IRC dos senhorios.

Nos transportes, o Executivo garante a manutenção do preço dos passes urbanos e das viagens nos Comboios de Portugal em 2023.

As medidas anunciadas pelo Governo, algumas já promulgadas pelo Presidente da República, vão ser detalhadas na manhã seguinte, em conferência de imprensa, pelos quatro governantes das tutelas abrangidas: Finanças, Habitação, Segurança Social e Ambiente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de