Força Aérea compra seis helicópteros para combate a incêndios

A compra dos aparelhos foi financiada pelo Plano de Recuperação e Resiliência em 81%.

A Força Aérea comprou seis helicópteros bombardeiros médios para integrarem os meios do Estado no combate aos incêndios.

Numa nota enviada às redações, a Força Aérea anuncia que "adquiriu seis helicópteros bombardeiros médios, Sikorski UH-60 Black Hawk, através do concurso público autorizado pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 27/2021, de 4 de março, com o intuito de integrar os meios próprios do Estado no combate aos incêndios rurais", revelando que "o contrato para aquisição dos novos meios foi assinado, no passado dia 12 de agosto, com a empresa adjudicatária Arista Aviation Services, LLC".

A Força Aérea explica que "o contrato inclui o fornecimento de material e ferramentas, apoio técnico de manutenção até 2026 e formação para seis pilotos e 21 mecânicos" e revela que os dois primeiros equipamentos serão entregues no primeiro trimestre do próximo ano.

"Esta aquisição é financiada em cerca de 81% por fundos comunitários, através do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR)", esclarece.

Este modelo de helicópteros "permite o transporte de uma equipa de 12 bombeiros e respetivo equipamento, com uma autonomia, com largada de água, de cerca de 150 minutos".

"Possui a capacidade de transportar até 2950 litros de água por largada", conclui a Força Aérea.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de