Governo distancia-se do Bloco. "Votar contra significa dizer: o OE nem na generalidade passa"

Em entrevista à TSF, Mariana Vieira da Silva acusa o Bloco de Esquerda de não querer um caminho de aproximação.

A ministra do Estado e da Presidência acredita que quem vota contra o Orçamento do Estado para 2021 não está concentrado em melhorá-lo. Em entrevista à TSF, Mariana Vieira da Silva sublinha que o Bloco de Esquerda tem "todo o direito" a apresentar "as mesmas propostas de sempre", mas, na perspetiva da governante, "isso não é um caminho de aproximação".

Na véspera da votação do OE 2021, a ministra garante que este documento dá uma resposta diferente da escolhida em crises anteriores, uma vez que"em lugar de austeridade oferece mais apoios sociais e mais aposta nos serviços públicos".

Por isso, defende Mariana Vieira da Silva, "quem se põe de fora lidará e interpretará as condições que tem para continuar a dizer que defende uma resposta diferente à crise".

Assim sendo, a governante define a abstenção como "um sinal de que queremos continuar a fazer o caminho". Já um voto contra "significa dizer que [o OE2021] nem na generalidade passava".

Ainda assim, Mariana Vieira da Silva não fala de uma rutura irreversível com o Bloco de Esquerda: "Não creio que ganhemos muito nesse tipo de reflexão. O que está em causa é um conjunto de partidos que nas crises anteriores disseram que era possível dar uma resposta diferente e agora não participam nessa resposta."

Investimento no SNS é prioridade

Noutro plano, a ministra garante que "não há uma redução da verba prevista para o SNS", mas sim "um aumento, incluindo nos Recursos Humanos". Mariana Vieira da Silva explica que não há menos médicos no SNS do que em 2015, há sim menos médicos do que no início deste ano, devido às aposentações de alguns destes profissionais.

Ainda assim, a ministra não nega que os problemas existem e lembra que há uma medida que prevê o aumento do "subsídio que permite pagar mais nas zonas onde há menos médicos".

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de