Portugal deixa de estar em situação de alerta devido aos incêndios na quarta-feira

O Governo decidiu não prolongar a situação de alerta devido aos incêndios. As temperaturas vão baixar até aos 35 graus.

O Governo anunciou, esta segunda-feira, que não vai prolongar a situação de alerta devido aos incêndios que atingem Portugal continental.

Após reunião, que começou às 19h00 e contou com a presença do ministro da Administração Interna e da secretária de estado da Proteção Civil, a decisão foi anunciada numa conferência de imprensa.

"É expectável que a partir de quarta-feira as temperaturas voltem a descer até aos 35º. Também se prevê um aumento a humidade que é um fato muito positivo que pode varia em mais 30% e nas zonas do litoral pode chegar ao 80%. O que significa um quadro como não tínhamos desde o início desta fase dos incêndios florestais", explicou o ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, em conferência de imprensa.

Nesse sentido, o ministro anuncia: "Em função deste quadro de melhoria, entendemos que era possível aliviar as restrições de prevenção aos incêndios rurais e decidimos não prolongar a situação de alerta que vai terminar às 23h59 de amanhã [terça-feira]."

José Luís Carneiro revela ainda que a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil "manterá o alerta laranja no dia de amanhã em 16 distritos e no dia 24 em cinco distritos, muito particularmente nos distritos do interior norte e centro".

Portugal entrou este domingo, às 00h00, em situação de alerta devido ao "agravamento do risco de incêndio rural" e ao aumento das temperaturas, após semanas com fogos que, só na Serra da Estrela, destruíram mais de 28 mil hectares. A medida, agora prolongada, terminava esta terça-feira.

Em situação de alerta, era proibido circular ou permanecer nos espaços florestais previamente definidos nos Planos Municipais de Defesa da Floresta Contra Incêndios, bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais e outras vias que os atravessem, fazer queimadas ou trabalhos nos espaços florestais com recurso a qualquer tipo de maquinaria, com exceção dos que tenham a ver com combate a incêndios.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de