Iniciativa Liberal quer manuais escolares gratuitos para o ensino profissional

Carla Castro considera que há "pouca dignificação" e "poucos recursos" para o ensino profissional em Portugal.

A deputada da Iniciativa Liberal (IL) considera ser importante a autonomia das escolas e uma valorização do ensino profissional. No final de uma visita a dois estabelecimentos de ensino em Coimbra, um público e outro privado, a deputada lamentou que esta via de ensino tenha "poucos recursos", quando em países desenvolvidos é uma via "bastante forte".

"O que nós vemos é que há projetos de muita qualidade, mas há muita discriminação ainda. Discriminação que é, por exemplo, os manuais gratuitos, em que o ensino profissional não é abrangido." Uma realidade que a Iniciativa Liberal quer ver mudada. Carla Castro admite apresentar propostas para que também os alunos do ensino profissional possam ser abrangidos pela medida.

"O que deve diferenciar não é a posse da escola, não é se é pública ou privado. Este é um paradigma que tem, uma vez por todas, de mudar." Para a deputada, o importante é "o acesso à educação, a uma boa educação" e "colocar o aluno e o professor no centro da escola".

Carla Castro garantiu que a IL vai continuar a apresentar "muitas propostas" para o setor da educação, em todos os ciclos de ensino, "ao nível de desempenho, de autonomia, descentralização, e do funcionamento transversal".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de