PSD

Ângelo Correia entende que Ferreira Leite deve sair

Ângelo Correia disse esta sexta-feira que, se dependesse dele, Manuela Ferreira Leite «saía já amanhã». Em declarações à TSF, o antigo dirigente do PSD considerou que a líder dos sociais-democratas tem de avaliar se tem condições para se manter no cargo. 

Ângelo Correia garantiu que não quer contribuir para nenhuma situação anormal no partido, mas sublinhou que, se dependesse dele, Manuela Ferreira Leite já não era líder do PSD.

PUB

«Por mim, a dra. Manuela Ferreira Leite poderia sair amanhã, porque não consegue desempenhar a função de modo a garantir ao PSD uma performance adequado àquilo que são as expectativas dos seus militantes», afirmou Ângelo Correia à TSF.

O antigo dirigente do PSD sustentou que se devem cumprir as regras internas e os prazos – Manuela Ferreira Leite tem um mandato de dois anos -, mas sublinhou que a actual líder do PSD tem de avaliar se tem condições para se manter.

Ouvido pela TSF, Ângelo Correia recusou-se ainda a provocar uma ruptura, entendendo que Ferreira Leite terá de sair de vontade própria.

No entender de Mário Bettencourt Resendes, comentador da TSF em política nacional, trata-se de «mais um erro político» no PSD.