CDS quer que título de comendador seja retirado a Joe Berardo

O CDS comunicou que enviou uma carta ao presidente da Assembleia da República para solicitar a instauração de processo disciplinar a Joe Berardo. O objetivo é que o empresário perca o título de comendador.

O título de comendador da Ordem do Infante D. Henrique de Joe Berardo pode estar em risco. O CDS comunicou, numa nota enviada às redações, que remeteu uma carta ao presidente da Assembleia da República para que, por intermédio de Ferro Rodrigues, a chanceler das Ordens Nacionais seja informada acerca "das declarações e atuação do Senhor José Manuel Rodrigues Berardo".

O processo disciplinar visa a irradiação dos quadros da Ordem, depois de Berardo ter sido ouvido na Assembleia na última sexta-feira. Nuno Melo, do CDS, já se tinha posicionado relativamente a Berardo, com a alegação de que o colecionador de arte "não merece ser comendador de coisa nenhuma".

O empresário Joe Berardo considerou, na comissão de inquérito, que a sua situação creditícia tem servido como bode expiatório para os problemas que afligiram a Caixa nos últimos anos, segundo a declaração lida pelo seu advogado. "O meu nome e a minha situação creditícia têm servido como justificação para todos os males que afligiram a gestão da CGD nas últimas décadas", afirmou na declaração lida aos deputados.

Ferro Rodrigues será obrigado a intervir, depois de o Presidente da República ter pedido "mais responsabilidade" a Berardo.

LER MAIS:

- "O meu nome tem servido para justificar todos os males da Caixa"

- Marcelo exige "mais responsabilidade" a Berardo

- A tragicomédia de Berardo no Parlamento num minuto

- Berardo "não merece ser comendador de coisa nenhuma"

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de