Centeno entre os nomes apontados para liderar o FMI

Ministro das Finanças pode suceder a Christine Lagarde. Faz parte de uma lista com outros três nomes: o de dois homens e uma mulher.

Mário Centeno pode ser o senhor que se segue na liderança do Fundo Monetário Internacional (FMI). O nome do ministro das Finanças faz parte de uma lista de quatro nomes avançados esta quarta-feira por várias publicações internacionais - entre elas o Politico e o Wall Street Journal .

A acompanhar Centeno estão também os nomes do antigo presidente das Finanças da Holanda Jeroen Dijsselbloem, o do governador do banco central finlandês Olli Rehn e o da ministra da Economia de Espanha, Nadia Calviño.

A lista dos quatro nomes indicados para a sucessão de Lagarde vai ser discutida pelos ministros das Finanças e pelos governadores dos bancos centrais de Alemanha, França e Itália, numa reunião à margem da cimeira do G7, que decorre esta quarta-feira em Paris, onde está Mário Centeno, enquanto presidente do Eurogrupo.

Christine Lagarde, diretora administrativa demissionária do Fundo Monetário Internacional, sai do cargo a 12 de setembro. A francesa foi escolhida para líder do Banco Central Europeu (BCE), cargo que deve assumir depois de discutida pelo Eurogrupo e aprovada pelo Conselho Europeu.

Contactado pela TSF, o gabinete de Mário Centeno não faz, para já, qualquer comentário.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de