CGTP: Arménio Carlos diz que saída de Vítor Gaspar resulta do «fracasso das políticas» do Governo

O líder da CGTP, Arménio Carlos, considera que a saída do ministro das Finanças Vítor Gaspar «resulta do fracasso das políticas do Governo e das suas consequências trágicas» no plano económico e social.

Arménio Carlos realça que de qualquer forma os problemas do país não serão resolvidos com a demissão de Vítor Gaspar.

«O que se perspetiva é a saída do ministro para dar continuidade à mesma política. O país precisa de outra política, de outro Governo e da possibilidade do povo português se pronunciar», considera o dirigente sindical.

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de