Comboios

Deputado do PS critica falta de comunicação atempada sobre suspensão da Linha do Corgo

Jorge Almeida criticou, esta segunda-feira, a falta de comunicação atempada sobre a suspensão da Linha Ferroviária do Corgo. À TSF, o deputado socialista acrescentou que as soluções «alternativas» deviam ter sido melhor preparadas.

Apesar de afirmar que «provavelmente» a suspensão da Linha Ferroviária do Corgo é justificada, o deputado socialista Jorge Almeida criticou aquilo a que chama de «suspensão feita da noite para o dia», sem qualquer preparação junto das populações ou dos responsáveis autárquicos da região.

O deputado do PS acrescentou que a suspensão impediu a implementação de um dispositivo alternativo conveniente para evitar «incómodos para as populações». «Uma melhor preparação destas soluções alternativas devia ter acontecido», frisou.

Neste sentido, Jorge Almeida entregou, no Parlamento, um requerimento dirigido ao ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Mário Lino, a pedir informações concisas acerca do tipo de intervenção e recuperação estrutural a fazer na plataforma e na Linha, o seu calendário, e a previsão para a reabertura da circulação das composições na Linha do Corgo.
 
O deputado socialista quer ainda ter acesso ao conteúdo do relatório que serviu de base à decisão do encerramento temporário da Linha do Corgo.
 
A circulação na Linha do Corgo, que liga as cidades da Régua e Vila Real, foi suspensa a 25 de Março por questões de segurança.