PS

Líder de bancada do PS mantém confiança política em Pedro Nuno Santos

Para Carlos Zorrinho, Pedro Nuno Santos usou de uma «imagética muito rica», «eventualmente excessiva» ao sugerir que Portugal não deve pagar a sua dívida.

O líder da bancada socialista considera que o deputado Pedro Nuno Santos continua a merecer a sua confiança política mesmo depois de ter sugerido que Portugal não pague a sua dívida.

PUB

Em declarações à TSF, Carlos Zorrinho afirmou que apesar de o vice-presidente da bancada ter usado de algum excesso, limitou-se apenas a usar uma «imagética muito rica».

O dirigente socialista lembrou que é preciso ter em conta o contexto em que foram feitas estas declarações, reconhecendo que esta imagética foi «provavelmente excessiva».

«A dívida tem de ser paga, mas não pode ser paga a qualquer preço», acrescentou Zorrinho, que entende que Pedro Nuno Santos aludiu à necessidade de que haja «no contexto europeu condições para o desenvolvimento e crescimento».

Para o líder da bancada parlamentar socialista, as «palavras são do deputado Pedro Nuno Santos, a imagética é rica e eventualmente excessiva, mas obviamente que o deputado tem toda a minha confiança».