Marcelo quer que Governo e autarquias "retirem lições" do relatório sobre Fundo Revita

O chefe de Estado acredita que o Tribunal de Contas está a "fornecer pistas para o futuro quanto à maneira como vê a gestão política, administrativa e económica".

O Presidente da República defendeu esta tarde que "não vai falar em público" da situação das Forças Armadas e as declarações do chefe de Estado-Maior em entrevista ao Público e à Renascença. Marcelo Rebelo de Sousa salienta que trata desses assuntos em privado.

"O Presidente da República e Comandante Supremo das Forças Armadas trata dessa matéria com o Governo, em Conselho Superior de Defesa Nacional, trata com as chefias militares, mas não comenta situações concretas nem políticas nem administrativas em público", esclareceu.

Sobre o fundo Revita e o relatório do Tribunal de Contas, Marcelo diz que leu com atenção as duas notas do tribunal e indica duas pistas de atuação que considera importantes, tendo em conta as conclusões do relatório.

"Vale a pena o Governo e as autarquias locais olharem para aquilo que disse o Tribunal de Contas, para retirarem lições para o futuro. E a parte mais concreta da investigação, aquela que está a cargo do Ministério Público, porque não é apenas uma avaliação genérica, mas é sim um conjunto de processos concretos, relativamente a pessoas concretas com interpretações jurídicas concretas", esclarece o chefe de Estado.

Marcelo acrediata que "o Tribunal de Contas está a fornecer pistas para o futuro quanto à maneira como vê a gestão política, administrativa e económica de situações daquelas no futuro".

Questionado pelos jornalistas à chegada à fundação Gulbenkian, o Presidente voltou a dizer que "vai esperar" o diploma da lei de bases da saúde, o mesmo em relação à lei do lóbi. Já sobre as notícias que dão conta de mais dados sobre o caso de Tancos e o envolvimento de Azeredo Lopes, Marcelo Rebelo de Sousa garante que não leu a notícia nem faria qualquer comentário porque essa matéria está a ser alvo de processo judicial.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de