Marcelo teme que níveis de abstenção possam chegar próximo dos 70%

O Presidente da República pediu aos portugueses que vão às urnas para travar a abstenção.

Marcelo Rebelo de Sousa teme que haja um nível de abstenção muito alto nas eleições Europeias e faz um alerta para os que vivem na Europa e não só.

"Obviamente os que vivem na Europa têm de se interessar, mas, mesmo os que vivem fora da Europa, não se desinteressem", pediu o Presidente da República em declarações aos jornalistas.

Para fazer ver que está em causa algo importante, Marcelo fez as contas: "Somem esse milhão e umas centenas de milhares ao universo eleitoral e vejam o que seria de traumatizante descobrir na noite das eleições que a percentagem de votantes teria sido de 25 ou de 30% de portugueses".

"Isso seria um mau sinal para a democracia portuguesa", reforçou.

O Presidente da República lembra que, no ano passado, o recenseamento automático de portugueses que vivem o estrangeiro fez disparar o número de eleitores de 318 mil para um milhão e quase 400 mil.

Assim, o chefe de Estado alerta que os eleitores que não forem votar vão contribuir muito para a taxa de abstenção em eleições, que normalmente já têm uma participação baixa.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de