Política

Portugal vai precisar de «mais tempo», sublinha comissária europeia

A comissária europeia Viviane Reding entende que Portugal precisa de mais tempo para construir um futuro sólido e lembra que os sacrifícios das pessoas «são para o bem deste país».

A primeira vice-presidente da Comissão Europeia reconheceu que Portugal vai precisar de «mais tempo para ter novas estruturas» e para «construirmos um futuro sólido para a próxima geração».

«Temos consciência no Eurogrupo que será necessário tempo para ultrapassar a crise, mas também sabemos que Portugal conseguiu regressar aos mercados e isso é uma boa notícia», adiantou Viviane Reding.

De visita ao Porto, a Comissária Europeia da Justiça disse estar preocupada com a situação económica portuguesa e considerou existirem razões para as dúvidas dos portugueses.

«Claro que as pessoas sentem nas próprias vidas os sacrifícios que estão a fazer e ainda não vêem a luz ao fundo do túnel que nós vemos. Mas devem saber que esses sacrifícios que estão a fazer são para bem deste país», frisou.

Reding mostrou-se ainda confiante de que «Portugal vai sair da crise, mais sólido do que estava antes e isso é bom para as próximas gerações».

  COMENTÁRIOS