Autárquicas 2013

PS de Cascais aprova candidatura de João Cordeiro à autarquia

A Comissão concelhia do PS/Cascais aprovou, na quarta-feira à noite, a candidatura do presidente da Associação Nacional de Farmácias nas próximas eleições autárquicas.

O nome de João Cordeiro foi aprovado «por unanimidade e com aclamação», disse à agência Lusa o presidente da concelhia do PS de Cascais.

«Fiz tudo para que aceitasse o meu convite, fico feliz por Cascais, por tê-lo feito», afirmou Alexandre Sargento.

O líder da concelhia socialista de Cascais considera que João Cordeiro é o «homem certo para liderar a Câmara de Cascais» e para os socialistas recuperarem o executivo municipal, liderado pela maioria PSD/CDS nos últimos doze anos.

«É um reputado cascalense que deu provas, como presidente da Associação Nacional de Farmácias, de uma enorme capacidade de realização, inteligência, determinação, competência, e pela convicção que coloca nas causas que abraça, pelo seu apego ao concelho de Cascais, onde nasceu e onde há dezenas de anos é uma referência incontornável», sustentou Alexandre Sargento.

O mesmo responsável considera que o apoio a João Cordeiro, que assume como independente, é «inequivocamente a melhor solução».

A concelhia socialista ainda convidou José Luís Judas para ser o candidato à autarquia, mas o antigo presidente da Câmara de Cascais «não se mostrou disponível para formalizar candidatura», disse Alexandre Sargento.

João Cordeiro junta-se assim ao social-democrata Carlos Carreiras, também apoiado pelo CDS, e à independente Isabel Magalhães, na lista de candidatos à Câmara de Cascais nas próximas eleições autárquicas.