Isabel Meirelles deixa a vice-presidência e vai para a mesa do congresso do PSD

Rui Rio já anunciou alguns dos nomes para a Mesa do Congresso: Paulo Mota Pinto, Miguel Albuquerque e José Molieiro. Já Isabel Meirelles deixa de ser vice-presidente e vai para a Mesa do Congresso. Fonte da direção social-democrata diz à TSF que o objetivo é "ter uma lista forte, institucional e de qualidade, que contribua para a unidade do partido". Morais Sarmento deixa também a direção do partido, e é candidato de Rio ao Conselho de Jurisdição do PSD.

Os presidentes dos Governos Regionais da Madeira e dos Açores, Miguel Albuquerque e José Manuel Bolieiro, e Isabel Meirelles serão candidatos a vice-presidentes da Mesa do Congresso na lista da direção.

De acordo com fonte oficial da direção social-democrata, "a ideia é ter uma lista forte, institucional e de qualidade, que contribua para a unidade do partido".

Isabel Meirelles é atualmente vice-presidente do PSD, cargo que deixará com esta indicação para a Mesa do Congresso.

Rui Rio já tinha anunciado que Paulo Mota Pinto voltaria a ser o seu candidato a presidente da Mesa do Congresso, cargo que ocupa desde 2018.

Na sexta-feira, o deputado e antigo líder da JSD Pedro Rodrigues anunciou a sua candidatura a presidente da Mesa do Congresso, numa lista alternativa à da direção.

Neste sábado, o líder da distrital de Faro do PSD, Cristóvão Norte, adiantou que será candidato a vice-presidente da Mesa do Congresso na lista de Pedro Rodrigues.

Na última disputa interna, quer Pedro Rodrigues quer Cristóvão Norte apoiaram Paulo Rangel, mas ambos já estiveram no passado ao lado do atual presidente do PSD, Rui Rio.

Ainda não é conhecida a restante composição da lista alternativa à da direção, que poderá capitalizar o descontentamento da oposição interna com a forma como Mota Pinto presidiu às reuniões do Conselho Nacional, que gerou várias controvérsias ao longo dos últimos quatro anos.

Habitualmente, existe apenas uma lista à mesa do Congresso, afeta à direção. Neste caso, as duas listas terão de ser votadas em alternativa, numa votação secreta no domingo de manhã, com os restantes órgãos nacionais.

O 39.º Congresso do PSD decorre até domingo no Europarque, em Santa Maria da Feira (Aveiro).

ACOMPANHE NA TSF O 39.º CONGRESSO DO PSD

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de