JSD apela a Marcelo para interceder pelas pessoas em situação de sem-abrigo

Juventude Social-Democrata é mais uma voz a apelar à inclusão das pessoas em situação de sem-abrigo na fase inicial do plano de vacinação. Apelo dirigido ao governo, mas também ao Presidente da República.

O apelo é dirigido tanto ao governo, como também a Marcelo Rebelo de Sousa. A JSD quer que as pessoas em situação de sem-abrigo sejam incluídas nesta primeira fase do plano de vacinação, juntando-se assim ao apelo também já feito pelo PAN.

Para o presidente da JSD, é importante que estas pessoas "não sejam esquecidas e não sejam os invisíveis deste processo de vacinação". À TSF, Alexandre Poço sublinha que "atendendo à vulnerabilidade, ao risco e à vivência diária das pessoas em situação de sem abrigo, o governo e a task force deveriam incluir os sem-abrigo nestas fases iniciais da vacinação".

Como reforço, a missiva segue também para Belém. "Deixamos também um apelo ao Presidente da República que tem demonstrado desde o início do seu mandato, em 2016, uma preocupação com os sem-abrigo, que faça desta preocupação uma ação e que garanta que os sem-abrigo não são esquecidos e possam ser incluídos na vacinação".

Este apelo surge na mesma altura em que o PAN pretende sensibilizar a sociedade para o assunto com a líder parlamentar do partido, Inês Sousa Real a considerar que estas pessoas devem ser incluídas nos grupos de risco. "Não tem havido uma resposta nem se tem falado nas necessidades destas pessoas", sinaliza a deputada do PAN ao visitar, na noite desta segunda-feira, várias pessoas em situação de sem-abrigo na cidade de Lisboa.

Nessa visita, Inês Sousa Real conheceu João, um homem de 60 anos que está na rua há mais de uma década, mas que tem outras preocupações além da vacinação, como constatou a reportagem da TSF e que pode escutar aqui.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de