Livre de pernas para o ar ou a reerguer-se da crise? As imagens do Congresso

Os militantes e apoiantes do Livre estiveram reunidos no IX Congresso do Livre, em Lisboa.

Os militantes e apoiantes do Livre estiveram reunidos no IX Congresso do Livre, em Lisboa.

Um partido de pernas para o ar ou um partido que se quer reerguer de uma crise que parece não ter fim à vista? No primeiro dia do primeiro Congresso depois da eleição de uma deputada para a Assembleia da República, membros e apoiantes do Livre reuniram-se no Centro Cívico Edmundo Pedro, em Alvalade, para discutir o presente e o futuro do partido.

O tema principal era impossível de esconder e a manhã foi marcada pela discussão da retirada da confiança política a Joacine Katar Moreira. A deputada esteve presente, defendeu-se e chegou mesmo a exaltar-se e a acusar a assembleia de "mentiras".

No momento da verdade, os congressistas votaram de braço no ar e decidiram adiar o 'caso Joacine' para os órgãos que vão ser eleitos neste Congresso.

Durante os discursos dos candidatos aos próximos órgãos, alguns dos presentes apelaram a consensos e alertaram para a necessidade de o Livre não perder o que conquistou nos últimos anos, inclusive a presença no Parlamento. O foco nos assuntos que realmente importam foi um ponto reiterado por muitos militantes.

Houve críticas à falta de comunicação entre Joacine Katar Moreira e a direção, dedos apontados à deputada, mas também congressistas que partiram em defesa da representante do Livre na Assembleia da República.

No fim do dia, Joacine Katar Moreira e a direção voltam a estar em desacordo: a deputada vê o adiamento como um sinal de confiança, a direção não entende como a posição pode ser vista dessa forma.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de