"Trabalhador atravessou faixa de rodagem." MAI diz que viatura não se despistou

O ministro Eduardo Cabrita seguia na viatura envolvida neste acidente ocorrido na autoestrada A6, que resultou num atropelamento mortal.

Numa nota enviada às redações, o gabinete do ministro esclarece que a viatura não se despistou na autoestrada A6. "A viatura circulava na faixa de rodagem, de onde nunca saiu, quando o trabalhador a atravessa", refere o documento.

O Ministério da Administração Interna avançou este sábado alguns detalhes sobre o acidente que envolveu a viatura do ministro Eduardo Cabrita e do qual resultou uma morte.

"O trabalhador atravessou a faixa de rodagem, próxima do separador central, apesar de os trabalhos de limpeza em curso estarem a decorrer na berma da autoestrada", esclarece o MAI, adiantando que "não havia qualquer sinalização que alertasse os condutores para a existência de trabalhos de limpeza em curso.

A nota do Ministério da Administração Interna reitera que o acidente, do qual resultou a morte do trabalhador de 43 anos, está a ser investigado pelo Núcleo de Investigação Criminal de Acidentes de Viação de Évora da Guarda Nacional Republicana.

O acidente ocorreu na autoestrada A6, quilómetro 77.6, junto a Évora, freguesia de São Bento do Mato, no sentido Évora-Lisboa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de