Mais de 19 mil inscrições para o voto antecipado em mobilidade até ao meio-dia

Nas presidenciais de há um ano tinham sido 10.382 as inscrições até às 12h00.

Mais de 19 mil pessoas inscreveram-se para votar antecipadamente em mobilidade nas eleições legislativas de 30 de janeiro até ao final da manhã deste domingo, segundo dados oficiais avançados à agência Lusa pelo Governo.

O número de inscrições para o voto antecipado em mobilidade a 23 de janeiro era de 19.287 até às 12h00 deste domingo, segundo fonte do Ministério da Administração Interna, que coordena o processo.

Nas presidenciais de há um ano tinham sido 10.382 as inscrições até às 12h00, acrescentou a mesma fonte.

O voto antecipado em mobilidade nas legislativas, cuja inscrição começou neste domingo e se prolonga até quinta-feira, está preparado para um milhão e 200 mil eleitores, através de 2600 secções, que poderão ainda ser aumentadas, anunciou o Governo.

"Iremos fazer um apelo ao voto antecipado", declarou aos jornalistas a ministra da Administração Interna, Francisca Van Dunem, depois de ter ouvido na passada segunda-feira os partidos com assento parlamentar sobre as condições para o exercício do voto nas legislativas antecipadas de 30 de janeiro.

Segundo a ministra, o Governo quer "garantir que o maior número de pessoas possa votar antecipadamente", para prevenir situações de isolamento devido à Covid-19 na data das eleições.

O secretário de Estado Adjunto e da Administração Interna, Antero Luís, referiu na mesma ocasião que "a administração eleitoral, na sequência do agravamento da situação de pandemia, decidiu reforçar o voto antecipado em mobilidade", passando "das 675 secções de voto que havia nas eleições presidenciais, num primeiro momento, para 1300 e, num segundo momento, para 2600".

"Significa isto que a administração eleitoral tem o voto antecipado preparado para um milhão e 200 mil portugueses, o que dá cerca de mais 20% daquilo que é a votação habitual em termos de legislativas" disse, reiterando o apelo da administração eleitoral e do Governo para que "os portugueses se inscrevam no voto antecipado em mobilidade".

Para votar antecipadamente em mobilidade, a 23 de janeiro, uma semana antes da data das eleições, os eleitores recenseados no território nacional devem inscrever-se para esse efeito entre este domingo e a próxima quinta-feira, 20 de janeiro.
LEIA AQUI TUDO SOBRE AS ELEIÇÕES LEGISLATIVAS

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de