Marcelo convida Costa a formar Governo

Presidente da República reuniu-se com o secretário-geral do PS, António Costa, por videoconferência, depois de ter ouvido os restantes partidos políticos com assento parlamentar.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, convida António Costa, secretário-geral do PS a formar Governo, na sequência dos resultados eleitorais.

Depois de ter recebido em audiência os partidos políticos com assento parlamentar, Marcelo Rebelo de Sousa reuniu-se com Costa por vídeoconferência, uma vez que o primeiro-ministro está infetado e em isolamento.

"Na sequência das eleições legislativas no passado domingo, 30 de janeiro, ouvidos, nos termos constitucionais, os partidos políticos representados na nova Assembleia da República, e tendo em conta os resultados eleitorais, o Presidente da República comunicou ao Dr. António Costa, Secretário-Geral do Partido Socialista, a sua intenção de o indigitar como Primeiro-Ministro do XXIII Governo Constitucional, a qual será formalizada depois do apuramento dos votos dos círculos eleitorais da Europa e de fora da Europa.

A nomeação e posse terão lugar depois da primeira sessão da XV legislatura da Assembleia da República", lê-se numa nota divulgada pela Presidência da República.

António Costa iniciou na terça-feira um período de sete dias de isolamento, por ter testado positivo ao vírus que provoca a covid-19.

O PS venceu com maioria absoluta as legislativas de domingo, em que obteve 41,7% dos votos e 117 dos 230 deputados em território nacional -- faltando ainda atribuir os quatro mandatos dos círculos da emigração.

O artigo 187.ª da Constituição da República Portuguesa estabelece que "o primeiro-ministro é nomeado pelo Presidente da República, ouvidos os partidos representados na Assembleia da República e tendo em conta os resultados eleitorais".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de