Marcelo convida Eanes a presidir comissão de honra das comemorações dos 50 anos do 25 de Abril

O primeiro Presidente eleito em democracia foi convidado a participar nas comemorações que arrancam em 2022.

Marcelo Rebelo de Sousa convidou o ex-presidente da República Ramalho Eanes para presidir à comissão de honra as comemorações dos 50 anos do 25 de Abril começam em 24 de março de 2022, quando a democracia superar em um dia a duração da ditadura.

A notícia é avançada esta quinta-feira pelo jornal Inevitável, que adianta que o convite foi feito por telefone e ainda não tem resposta definitiva.

Já Pedro Adão e Silva, que nasceu em maio de 1974, vai presidir à comissão organizadora das comemorações e será nomeado pelo Presidente da República.

Em declarações TSF, o coronel Rodrigo Sousa e Castro, muito próximo de Eanes, mostrou contentamento pelo convite e espera que o general aceite o desafio.

Este ano, o general Ramalho Eanes foi o único antigo Presidente da República a marcar presença na cerimónia comemorativa dos 47 anos do 25 de Abril no Parlamento. No seu discurso, Marcelo Rebelo de Sousa elogiou-o, em particular, entre os militares de Abril.

"Eis por que razão é tão justo galardoar os militares de Abril, tendo merecido já uma homenagem muito especial aquele de entre eles que, depois de ter estado no terreno, veio a ser peça chave na mudança de regime e primeiro Presidente da República eleito na democracia portuguesa, e que sempre recusou o marechalato que merecia e merece: o Presidente António Ramalho Eanes", afirmou o Presidente da República.

A ditadura durou precisamente 47 anos, dez meses e 28 dias, num total de 17 499 dias. No dia 24 de março de 2022, a democracia terá já 17.500 dias, ultrapassando por um dia o tempo que durou a ditadura.

As comemorações dos 50 anos do 25 de Abril devem, por isso, arrancar dia 24 de março de 2022 e estender-se até 2026, onde serão celebrados os 50 anos da entrada em vigor da Constituição da República, das primeiras eleições legislativas, das primeiras regionais, autárquicas e presidenciais em democracia.

Notícia atualizada às 9h25

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de