Marcelo critica "leveza" na organização da festa do Sporting, mas poupa Cabrita

Presidente da República lamenta que não se tenha evitado os aglomerados, pedindo que o que correu mal não se repita no futuro próximo.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, critica a violação das regras da pandemia ocorridas durante os festejos do título do Sporting. Em entrevista à RTP, o chefe de Estado diz que têm de ser tirar ilações do que correu mal, lembrando que ainda vai haver futebol no período em que a pandemia ainda não está ultrapassada.

"Temos de ter muito cuidado porque ainda faltam muitas semanas e meses e não podemos recuar. É uma lição porque temos ainda jogos de futebol, a final da taça, a Champions e depois temos outras celebrações", referiu Marcelo Rebelo de Sousa.

"Houve a preocupação de evitar o aglomerado de 100 mil pessoas no Marquês de Pombal e essa preocupação era comum à Câmara de Lisboa, às forças de segurança e ao Sporting. E, talvez por isso, minimizou-se os problemas de organização que levaram, por um lado, a uma concentração muito grande no estádio de Alvalade e, por outro lado, o atraso da equipa que fez com que aquele fenómeno fosse subindo", lamentou.

Marcelo Rebelo de Sousa sublinha que foram "20 anos de espera", que provocaram "um efeito que não é positivo", avisando que o que correu mal "não pode ser replicado num futuro próximo". Sobre as responsabilidades políticas, o Presidente não se alonga nos comentários, aguardando detalhes do inquérito aberto pelo Ministério da Administração Interna.

"Há sempre [responsabilidades] porque o juízo político pessoal, esse existe no sentido de dizer que isto não correu bem, vamos retirar lições para o futuro. Por isso é que eu intervim logo, até amigos meus me disseram que tinha sido duro demais, mas não queria ser em relação a cada uma das pessoas na sua motivação, mas em relação ao resultado global que não tinha sido positivo para o esforço que estamos a fazer", sublinhou, acrescentando que ainda não tem dados da atuação do ministro Eduardo Cabrita.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de