Marcelo dá posse a seis secretários de Estado. Novo adjunto de Costa incluído

António Mendonça Mendes, que era secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, foi o primeiro a ser empossado.

Seis secretários de Estado, entre eles António Mendonça Mendes, adjunto do primeiro-ministro, António Costa, foram empossados esta sexta-feira pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, numa curta cerimónia no Palácio de Belém.

António Mendonça Mendes, que era secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, foi o primeiro a ser empossado. Deixou o ministério de Fernando Medina e vai ser secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, depois da demissão polémica de Miguel Alves.

Na esfera do Ministério das Finanças, João Nuno Mendes passa agora a assumir funções como secretário de Estado das Finanças. Até hoje era secretário de Estado do Tesouro.

Alexandra Reis, uma novidade neste executivo, por sua vez, substitui João Nuno Mendes como secretária de Estado do Tesouro.

Nuno Félix substitui António Mendonça Mendes e é o novo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais. A equipa de Fernando Medina passa a ter quatro secretários de Estado, mantendo-se Sofia Batalha como secretária de Estado do Orçamento.

Depois da exoneração dos dois secretários de Estado sob a alçada do Ministério da Economia, António Costa Silva passa agora a contar com Pedro Cilínio como secretário de Estado da Economia, substituindo João Neves, e Nuno Fazenda com o Turismo, Comércio e Serviços, em substituição de Rita Marques.

A tomada de posse teve início poucos minutos depois das 12:00 e durou menos de 10 minutos, com os habituais cumprimentos no final de Marcelo Rebelo de Sousa e de António Costa aos empossados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de