Marcelo defende discriminação positiva para o setor do turismo

Presidente da República reuniu-se num jantar de trabalho com os presidentes de câmara do Algarve para analisar a situação económica motivada pela pandemia.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, defendeu hoje "uma discriminação positiva" para o setor do turismo, considerando que o Algarve é uma das regiões onde essa discriminação é muito importante.

"O turismo em geral, a restauração, hotelaria, os setores ligados ao turismo, merecem uma discriminação positiva e o Algarve é uma das áreas onde isso é muito importante", disse aos jornalistas Marcelo Rebelo de Sousa antes de um jantar com autarcas em Lagos, distrito de Faro, no Algarve.

Marcelo Rebelo de Sousa reuniu-se num jantar de trabalho com os presidentes de câmara do Algarve para analisar a situação económica motivada pela pandemia da covid-19 um dos maiores destinos turísticos do país.

O chefe de Estado indicou que, segundo informações que obteve do Governo, este "está a ponderar olhar seriamente para a situação do turismo em termos de emprego no futuro, para além daquilo que já foi anunciado, e está muito atento à situação do Algarve".

Marcelo Rebelo de Sousa disse esperar que no dia 20, quando a Irlanda divulgar a sua lista de países em risco, "possa traduzir-se numa notícia diferente daquela que se podia temer por influência ou proximidade britânica".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de