Marcelo disponível para convidar Zelensky a discursar no Parlamento

Competência é do presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, mas pode ser transmitida ao chefe de Estado.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, está disponível para convidar o homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, a discursar no Parlamento, mas só se os deputados entenderem que deve ser o chefe de Estado a fazê-lo.

A competência para convidar líderes estrangeiros para discursos no hemiciclo é do presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, mas o Parlamento quer que seja Marcelo a abrir a porta a Zelensky.

Falta agora que o pedido da Assembleia da República chegue a Belém. A conferência de líderes parlamentares aprovou, com oposição do PCP, uma sessão solene com o Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, por videoconferência.

A porta-voz da conferência de líderes, a socialista Maria da Luz Rosinha, referiu que o presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, irá contactar o chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, para que seja endereçado um convite formal ao Presidente Volodymyr Zelensky para discursar perante o parlamento português.

"A decisão foi tomada por maioria, com a oposição do PCP. A data em que acontecerá essa sessão ficou dependente do convidado", Volodymyr Zelensky, apontou Maria da Luz Rosinha, adiantando que a expectativa é que a intervenção do Presidente ucraniano aconteça na semana entre 18 e 22 deste mês.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE A GUERRA NA UCRÂNIA

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de