Ministro quer modernização da Defesa "sem deixar ninguém para trás"

O ministro da Defesa Nacional e a ministra da Modernização e da Administração Pública visitaram as novas instalações do Balcão Único da Defesa.

O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, considerou importante a modernização no acesso a serviços da Defesa, sem deixar, no entanto, "ninguém para trás", na inauguração das novas instalações do Balcão Único da Defesa, em Lisboa.

O ministro da Defesa Nacional e a ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, visitaram as novas instalações do Balcão Único da Defesa, situado agora na Avenida Infante Santo, em Lisboa, que passa a disponibilizar também serviços do Espaço do Cidadão.

"Isto é um espaço que se destina por um lado ao mais novos, que vão fazer o Dia da Defesa Nacional e que encontram aqui todos os serviços relativos a isso, por outro lado aos mais antigos, aqueles que são os antigos combatentes, aqueles que serviram o país e que em função do Estatuto do Antigo Combatente têm um conjunto de direitos que podem vir aqui tratar", explicou o ministro João Gomes Cravinho, em declarações à Lusa.

Mas o responsável pela Defesa salientou que as novas instalações, cedidas pelo Exército, são também "um espaço de cidadania mais ampla", uma vez que no mesmo local existe agora também um Espaço do Cidadão onde podem ser tratadas matérias variadas como "a renovação do Cartão de Cidadão", exemplificou.

"Nós temos aqui de ter o cuidado, e a senhora ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública tem sempre sublinhado isso, de quando avançamos para a digitalização de todos os nossos serviços, não deixar ninguém para trás", sublinhou.

Já a ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública apontou que o novo espaço, criado através de um protocolo assinado com a Agência para a Modernização Administrativa (AMA), "é a prova de que os serviços do Estado de diferentes áreas governativas podem confluir para terem uma interação única facilitando a vida ao cidadão, seja num espaço físico seja num espaço digital".

"É um momento que salienta as sinergias entre diferentes áreas e também muito em especial leva à prática daquilo que é um desígnio do programa deste Governo, que é o de facilitar a vida aos cidadãos e facilitar as suas interações com os serviços da administração pública", ressalvou.

Momentos antes, na cerimónia de apresentação do novo espaço, o ministro da Defesa apontou que a confluência de serviços neste novo espaço permite "assegurar proximidade", "racionalizar estruturas", "simplificar os processos", "aumentar a transparência", "incentivar a utilização de tecnologias de informação e reduzir custos".

Gomes Cravinho revelou ainda que o executivo espera que "neste ano de 2021 seja possível criar um espaço semelhante na cidade do Porto".

O Balcão Único da Defesa é um espaço no qual se podem encontrar serviços destinados aos Antigos Combatentes, informações sobre o Dia Da Defesa Nacional, a Indústria da Defesa ou ainda o Centro de Informação e Orientação Para a Formação e Emprego (CIOFE).

Para além do novo espaço foi apresentado ainda o Bilhete Digital de Identificação Militar, um documento eletrónico semelhante ao Cartão de Cidadão, disponível através da aplicação 'id.gov'. Este cartão disponibiliza aos militares e membros das Forças Armadas a possibilidade de assinarem documentos oficiais, recorrendo à Chave Móvel Digital.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de