Moção quer que Joacine renuncie a cargo de deputada ou Livre retire confiança política

O Congresso do Livre vai votar uma moção que pode definir o futuro de Joacine Katar Moreira como membro do Livre.

Ou Joacine Katar Moreira renuncia às funções de deputada ou o Livre tem de lhe retirar a confiança política. A proposta é feita por uma das moções que vai ser votada no próximo fim de semana, no Congresso do Livre.

A moção em causa é subscrita por cinco apoiantes do partido e em causa está a posição do Livre desde que conseguiu um assento parlamentar, nas últimas eleições Legislativas.

O Livre começou a ser "mais conhecido dos portugueses, mas não pelas razões que pretendíamos", pode ler-se na moção.

Assim, os signatários a falam de "peripécias, atribulações e polémicas internas que levaram à degradação da imagem pública e da credibilidade do Livre", bem como na falta de comunicação entre a direção e a deputada e as declarações à comunicação social que afetaram de "modo insanável" as relações entre Joacine e os órgãos do partido.

O resultado da moção vai ser conhecido no Congresso do Livre, porém já se sabe que a deputada vai ficar de fora da próxima direção do partido, já que o atual Grupo de Contacto apresentou uma nova lista, mas Joacine Katar Moreira não foi convidada.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de