PS justifica quebra de investimento no SNS com "um atraso"

Deputada socialista Maria Antónia Almeida Santos afirma à TSF que a oposição também teve responsabilidade neste atraso.

Criticado pela quebra de investimento no Serviço Nacional de Saúde (SNS), após dados da Direção-Geral do Orçamento divulgados esta sexta-feira pelo semanário Expresso, o PS garante que não há falta de investimento, mas sim um atraso que será certamente ultrapassado com a entrada em vigor do novo regulamento do SNS.

"Não há um desinvestimento, o que há é um atraso no investimento. Não nos podemos esquecer que na transição para este Governo ficámos sem orçamento até julho deste ano, há dois meses não tínhamos orçamento. Isso, só por si, já justificava muita coisa e há responsabilidades nisto. A oposição teve responsabilidade e era bom que também as pudesse admitir. Tudo indica que no segundo semestre vamos recuperar essa trajetória de investimento", explicou à TSF a deputada socialista Maria Antónia Almeida Santos.

O semanário avançou que apesar dos problemas que afetam o SNS, o investimento público neste setor está a cair 33%. Uma situação que pode levar a uma perda de fundos comunitários, mas não está relacionada com a falta de verbas no orçamento do SNS.

Em declarações à TSF, PCP e Bloco de Esquerda acusaram o Governo de fazer muito pouco para defender o SNS.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de