"Não podemos ter autarcas que todos os dias aparecem a combater o PRR"

Em Braga, um concelho que o PS perdeu há oito anos para o PSD, Costa pediu votos para os candidatos socialistas.

António Costa voltou a criticar os que apontam ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), alertando que o país não pode ter autarcas que "passam os dias na televisão" a contrariar a bazuca. Depois de um dia repleto no Minho, o secretário-geral do PS apelou ao voto útil nos candidatos socialistas.

Em Braga, um concelho que o PS perdeu há oito anos para o PSD, Costa pediu votos para os candidatos do partido, defendendo que está em causa o sucesso do PRR.

"Não podemos ter os municípios entregues a quem todos os dias aparece na televisão a combater o PRR. Temos que ter os municípios entregues a quem quer arregaçar as mangas, e colocar em execução o plano", atirou.

E para os que dizem que o Governo tem pressa em distribuir o dinheiro da bazuca, o primeiro-ministro assume "há pressa, mas não pelo PS". "Temos pressa por Portugal, pelos portugueses, que anseiam virar a página da crise e construir um futuro de esperança e prosperidade".

Costa defende ainda que uma câmara liderada pela esquerda é mais útil ao país, "porque acredita no Serviço Nacional de Saúde, nas escolas públicas e nos cuidados para todos".

O líder socialista garante que essa "será a câmara liderada pelo PS e pelo Hugo Pires", candidato do partido a Braga e deputado, que depois de guerrilhas internas avançou como candidato à autarquia.

Braga é um concelho liderado com maioria absoluta pelo PSD, que ganhou a autarquia depois de 37 anos de presidência do socialista Mesquita Machado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de