"Não será rápido." Substituição só após Temido apresentar Estatuto do SNS

António Costa conta ainda com Marta Temido para apresentar ao Conselho de Ministros o Estatuto do SNS.

António Costa respeita a decisão de Marta Temido, mas admite que ainda não tem um sucessor na cabeça para a pasta da Saúde.

"Quando for oportuno. Não será rápido", reconheceu após a declaração no pátio da residência oficial, em Lisboa.

O primeiro-ministro afirmou que conta ainda com a ministra da Saúde demissionária para apresentar ao Conselho de Ministros o Estatuto do SNS. Assim, Marta Temido deve manter-se por mais 15 dias.

"É desejável que quem preparou seja quem apresente e defenda", argumentou.

Quanto às críticas da oposição, Costa avisou que "quem quer mudança de políticas tem que derrubar o Governo", considerando que a substituição de um membro do Executivo, como o da Saúde, será uma mudança de "personalidade, energia ou estilo".

"Achei graça até ver os principais críticos do Governo a dizer que o que importa é a mudança de políticas. Quem quer mudança de políticas tem que derrubar o Governo", acrescentou António Costa.

Marta Temido apresentou esta terça-feira a demissão por entender que "deixou de ter condições" para exercer o cargo, que foi aceite pelo primeiro-ministro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de