"Um esmagamento da esquerda e uma vitória do candidato do centro"

Rui Rio considera que nestas eleições presidenciais houve "um esmagamento da esquerda".

Rui Rio considera que o PS é o maior derrotado destas eleições presidenciais, pois não conseguiu apoiar nenhum candidato nem encontrar ninguém em que se visse representado.

"O PS já era um derrotado antecipadamente. Os candidatos à esquerda, com os resultados que temos neste momento, não conseguirão passar muito para lá dos 20%. Houve um esmagamento da esquerda. Há uma marca fortíssima: a vitória é do candidato do centro, Marcelo Rebelo de Sousa. Não apoiámos um candidato de direita nem de esquerda, apoiámos um candidato moderado de centro", afirmou Rui Rio em reação aos resultados das eleições presidenciais.

No entanto, o líder do PSD espera que, neste segundo mandato, Marcelo Rebelo de Sousa seja mais exigente com o Governo.

"Gostaríamos todos que, neste segundo mandato, Marcelo Rebelo de Sousa fosse um bocadinho mais exigente com o Governo", sublinha o social-democrata.

Sobre os resultados alcançados por André Ventura, Rio desvaloriza e afirma que não foram muito expressivos, mas considera marcante o facto de o candidato apoiado pelo Chega ter ficado em segundo lugar em todo o Alentejo.

"É uma votação, obviamente, com algum significado, mas não é absolutamente brutal para essa preocupação que referi há uns dias. Não fico particularmente preocupado com esta votação porque a votação relega a esquerda, toda junta, para o patamar dos 22 ou 23%. O mais marcante para mim é ver um candidato de extrema-direita a passar o partido comunista onde o PSD, por exemplo, não tem conseguido passar", acrescentou o líder do PSD.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de