PAN agradece a André Silva: "digno, convicto, emocional, inspirador"

Logo que foi publicada a carta de André Silva a anunciar a saída da primeira linha da cena política, o partido, de que é ainda líder, despede-se com elogios. Estão abertas as candidaturas.

São vários os elogios que o PAN deixa a André Silva depois de saber que tenciona abandonar a liderança e o lugar no Parlamento, em junho.

Nas redes sociais, o PAN agradece os sete anos de liderança "um Porta-Voz digno, convicto, compassivo, emocional e emocionante, inspirador e determinado nas suas visões. Uma pessoa que soube, ao lado e a par do trabalho das pessoas filiadas e estruturas do partido, colocar na agenda política assuntos até então completamente ignorados pelos outros partidos".

O partido deixa "um profundo agradecimento" e manifesta a "certeza de que o André continuará a fazer a diferença no PAN e no panorama político e social do nosso país".

Com saída e André Silva, marcada para o congresso em junho, o PAN apela aos filiados que "reflitam sobre este novo ciclo político" , considerando que é "natural e saudável dentro da construção democrática dos partidos"

"O PAN terá agora, como em todos os congressos, candidaturas à Comissão Nacional e a Porta-Voz do partido", adianta a breve nota nas redes sociais.

André Silva lidera o PAN desde 2014, tendo conduzido o partido à eleição do primeiro deputado (ele próprio) ao Parlamento em 2015. Já em 2019, o PAN elegeu 4 deputados mas viu, entretanto, sair Cristina Rodrigues, por divergências políticas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de